Filiados de Limeira e Sorocaba recebem Diretoria Executiva

O presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue, e o diretor-secretário, Maurício Zamboni, estiveram nesta quinta-feira (12/5) em dois municípios paulistas: Limeira e Sorocaba. Em visita aos filiados, os sindicalistas prestaram contas das ações do Sindicato e trataram de temas de relevância para a Classe, como a necessidade de extinção do MPF (Mandado de Procedimento Fiscal) e o andamento de matérias de interesse da Classe que tramitam no Congresso Nacional.

Sobre a Campanha Salarial 2011, Delarue abordou a estratégia do Sindicato de se aliar com os advogados públicos federais, os delegados da PF (Polícia Federal) e os Auditores-Fiscais do Trabalho, e lembrou que o diálogo com o governo sobre o assunto será difícil, em virtude do contingenciamento de recursos. “Essa campanha exigirá muita negociação e paciência por parte dos Auditores. Vamos negociar sem abrir mão da mobilização da categoria, mas não devemos esperar uma negociação fácil”, disse.

O encaminhamento da minuta da LOF (Lei Orgânica do Fisco) também foi assunto tratado entre os cerca de 90 filiados presentes nas duas localidades. O texto foi encaminhado pela RFB (Receita Federal do Brasil) ao Ministério da Fazenda em agosto de 2010.

O presidente do Sindifisco e o diretor-secretário mencionaram ainda a derrubada no Congresso Nacional da MP (Medida Provisória) 507/09, que trata sobre sigilo fiscal, e o entendimento com o secretário da RFB, Auditor-Fiscal Carlos Alberto Barreto, para modificar a Portaria 2.344/11, que trata da questão do acesso imotivado.

Em Limeira, o advogado Maurizio Colomba prestou esclarecimentos sobre as ações judiciais decorrentes da operação Vulcano, deflagrada pela Polícia Federal e pela Receita em 2008. As ações jurídicas como os 28,86% e os MI (Mandados de Injunção) 1614, 1616 e 880 também motivaram perguntas dos Auditores. 

Conteúdos Relacionados