Vencimento básico: servidores públicos realizam live na segunda (26) em prol da recomposição salarial

As entidades que integram o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) – dentre elas, o Sindifisco Nacional – vão realizar uma live, às 19h da próxima segunda (26), em prol da recomposição salarial. O tema do evento online será ‘O que os servidores estão reivindicando? O Brasil tem dinheiro?’ 

Em janeiro deste ano, os Auditores-Fiscais filiados ao Sindifisco Nacional rejeitaram, com 93,56% dos votos, em Assembleia Nacional, a proposta apresentada pela Secretaria de Relações de Trabalho (SRT), do Ministério da Gestão e da Inovação (MGI). Em linhas gerais, o governo ofereceu reajuste zero no vencimento básico em 2024 e de 9% escalonado em 2025 e 2026, além de um reajuste médio de 50% no auxílio-alimentação, no per capita da saúde complementar e na assistência pré-escolar, beneficiando exclusivamente os servidores em atividade. 

As entidades representativas dos servidores protocolaram, então, uma contraproposta no Ministério da Gestão e da Inovação (MGI) (veja matéria aqui). O objetivo é obter a recomposição das perdas salariais, que será avaliada no dia 28 de fevereiro, na retomada da Mesa Nacional de Negociação Permanente. Na mesma data, acontecerá o Dia Nacional de Luta com atos e paralisações.  

Na contraproposta de recomposição remuneratória, entregue em janeiro ao MGI, os servidores pedem o reajuste de 34,32% em três parcelas iguais de 10,34%, a serem pagas em 2024, 2025 e 2026, para os servidores federais que em 2015 firmaram acordos de reajuste por dois anos (2016 e 2017).   

Para aqueles que em 2015 fecharam acordos salariais por quatro anos (2016 a 2019), o pedido é correção de 22,71% dividida em três parcelas iguais de 7,06%, também para serem pagos em 2024, 2025 e 2026, que é o caso dos Auditores-Fiscais.  

“Essa live integra a estratégia de divulgação da pauta remuneratória, para que nosso discurso seja fortalecido. Também, para que possamos conversar com a sociedade e parlamentares para que tenham a convicção da necessidade e possibilidade orçamentária do governo atender à pauta”, informou o diretor de Assuntos Parlamentares do Sindifisco Nacional, Auditor-Fiscal Floriano de Sá Neto.  

A transmissão da live será realizada nos canais do Fonasefe (Youtube e Facebook). 

Conteúdos Relacionados