Unafisco Saúde recebe prêmio IDSS pelo décimo segundo ano

Nos dias 24 e 25 de abril, o Unafisco Saúde participou do 15º Seminário Unidas (União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde) e, na ocasião, recebeu o prêmio IDSS 2023 (Índice de Desempenho da Saúde Suplementar). Esta é a décima segunda congratulação, sendo a décima primeira consecutiva.  

O evento, que teve como tema “Autogestões e suas contribuições para a saúde suplementar do Brasil”, contou com a participação de instituições filiadas e não filiadas à Unidas, prestadores de serviços e empresas do segmento da saúde suplementar, com foco em promover debates a respeito das principais oportunidades e desafios para o segmento de autogestão em saúde.  

“Esse prêmio é o mais importante para a operadora, pois é baseado nos resultados da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Conseguimos ficar acima da média de grandes operadoras. O Unafisco Saúde sempre é admirado por esses resultados”, afirmou o diretor de Plano de Saúde do Sindifisco Nacional, Adriano Corrêa. 

“Os sucessivos reconhecimentos concedidos à operadora são reflexo do nosso permanente compromisso em oferecer cuidados de saúde aos beneficiários. Seguimos empenhados em proporcionar atendimento de excelência, com foco constante no aprimoramento dos processos para a garantia de acesso célere à saúde”, continuou.  

O Unafisco Saúde alcançou, no último ciclo de avaliação, a pontuação de 0,8386 em uma escala de 1. Isso representa um desempenho excepcional, superando a média de mercado, que está situado em 0,7485.  

Além disso, durante a jornada de avaliação, o Unafisco Saúde alcançou a nota máxima em Sustentabilidade no Mercado, um índice que monitora de perto a sustentabilidade econômico-financeira da operadora, passando pela satisfação do beneficiário e compromisso com prestadores. Também alcançou a nota máxima em Gestão e Processos de Regulação, um indicador que avalia o cumprimento rigoroso das obrigações técnicas e cadastrais das operadoras junto à ANS.  

Sobre o prêmio

O reconhecimento é dado às operadoras que obtiveram nota máxima no IDSS – que tem como objetivo avaliar e comparar as autogestões em saúde -, além de promover a divulgação de informações com transparência e redução de irregularidades. Das 161 autogestões, apenas 24 obtiveram nota máxima para premiação. 

Conteúdos Relacionados