Combate à sonegação é a melhor homenagem ao bom contribuinte

No último dia 15 de setembro, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou a lei 12.325, que estabelece o dia 25 de maio como o Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte. A justificativa da homenagem seria mobilizar a sociedade e os poderes públicos para a conscientização e a reflexão sobre a importância do respeito ao contribuinte.

O Sindifisco Nacional acredita que o bom contribuinte merece sim muitas homenagens. No entanto, na avaliação da DEN (Diretoria Executiva Nacional), o respeito ao bom contribuinte tem que se dar todos os dias, através do eficiente trabalho dos órgãos responsáveis pela fiscalização e pela arrecadação de tributos, entre eles a RFB (Receita Federal do Brasil).

Para os Auditores-Fiscais, muito mais eficaz que a definição de uma data comemorativa é o aprimoramento dos mecanismos de combate à sonegação. Só assim o bom contribuinte, que merece respeito e homenagens, estará de fato sendo valorizado, em detrimento do mau contribuinte que tanto lesa os cofres públicos e tanto prejudica o Estado.

O fortalecimento dos órgãos de fiscalização também é uma medida vital para que o respeito ao contribuinte se materialize. Nesse sentido, a edição da LOF (Lei Orgânica do Fisco) surtirá um efeito muito mais palpável que a criação do Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte.

De antemão, independentemente de data comemorativa, o Sindifisco Nacional aproveita a oportunidade para render homenagens aos bons contribuintes. Graças ao seu espírito de cidadania, os tributos arrecadados têm beneficiado milhares de brasileiros e ajudado a economia do país a alcançar postos antes inimagináveis. No que depender dos Auditores-Fiscais da RFB, você, bom contribuinte, continuará sendo respeitado diariamente no efetivo trabalho de combate à sonegação.