DEN conversa com coordenador da Corep sobre porte de arma

Na tarde de quinta-feira (22/9), o presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue, entrou em contato com o coordenador da Corep (Coordenador Especial de Vigilância e Repressão), Auditor-Fiscal Waltoedson Dourado de Arruda, para tratar da suspensão do porte de arma aos Auditores-Fiscais.

Delarue ponderou ao coordenador que a suspensão fragiliza a segurança pessoal dos Auditores, tornando-se uma condição inaceitável.

Waltoedson concordou com as colocações e completou que a falta do porte de arma certamente trará sérios prejuízos às operações de repressão. Ele informou ainda que a RFB já está tomando providências para resolver o impasse.

A DEN aconselha a todos os Auditores-Fiscais que, em se sentindo inseguros de participar de operações de repressão em decorrência da falta do porte de arma, que se recusem a participar das mesmas, pois a segurança pessoal dever ser a prioridade primeira.

Conteúdos Relacionados