Porte de arma é tema de reunião do Sindifisco com a RFB

O presidente do Sindifisco Nacional, Cláudio Damasceno, esteve com o coordenador da Coana (Coordenação-Geral de Administração Aduaneira) da RFB (Receita Federal do Brasil), o Auditor Fiscal José Carlos Araújo, na quarta-feira (30/7), para tratar do pleito dos Auditores Fiscais no sentido da obtenção do porte de arma pessoal.

O encontro teve a participação da 2ª vice-presidente do Sindifisco, Lúcia Helena Nahas, e da 2ª diretora-adjunta de Defesa Profissional da entidade, Yone de Oliveira, além de representantes da Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil) e Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil). 

O Sindifisco Nacional, juntamente com as demais entidades representativas, buscam uma estratégia para garantir que os Auditores Fiscais tenham mais segurança fora do local de trabalho. A RFB é favorável ao pleito e, durante a reunião, o coordenador da Coana apresentou dados que justificam o pleito por conta da necessidade de proteção do agente do Estado também fora do seu local de trabalho.

A defesa do porte de arma é tema prioritário para a DEN (Diretoria Executiva Nacional) do Sindifisco, que não medirá esforços para defender os direitos do Auditores Fiscais e garantir as ferramentas necessárias para que a Classe possa desenvolver suas atividades de forma segura.

Conteúdos Relacionados