Delarue cobra alternativa para inscrição de Auditores que estão de licença

O presidente do Unafisco, Pedro Delarue, encaminhou nesta quinta-feira (18/6) ofício ao coordenador-Geral de Gestão de Pessoas da RFB (Receita Federal do Brasil), William Darwin, solicitando uma alternativa para inscrição no PIM (Painel de Intenções de Mobilidade) aos Auditores-Fiscais que estão sem acesso à rede interna da Receita.

 No texto, Delarue argumenta que, em função de o Painel só aceitar inscrições realizadas por meio da rede interna da RFB, Auditores em licença ou que, por algum outro motivo, estejam impossibilitados de acessar o sistema não conseguem se inscrever.

“Os Auditores-Fiscais que estão em licença, ou de alguma outra maneira, sem acesso ao sistema interno da RFB, ficam, em princípio, impossibilitados de efetuarem sua inscrição no PIM e, consequentemente, de participarem dos futuros procedimentos de movimentação de servidores em virtude da obrigatoriedade do oregistro no PIM, para participação de tais processos”, afirma Delarue no ofício.

Vale lembrar que, até que alguma alternativa seja apresentada pela Administração, os registros das preferências dos Auditores devem ser feitos no endereço http:\\sa3.receita.fazenda.

Histórico – A previsão de utilização do PIM em processos de remoção está no art. 2º da Portaria RFB nº 1432, de 25 de maio de 2009. A norma diz que para participar “em procedimento de movimentação dos servidores ou empregados entre as unidades, instituídos no âmbito da RFB, é obrigatória a inscrição dos interessados no PIM”.
 

Conteúdos Relacionados