Mesa Nacional de Negociação Permanente: governo deve chamar nova reunião

Nessa quarta-feira (3), o secretário de Relações de Trabalho, José Lopez Feijóo, se reuniu com representantes do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate). O diretor de Assuntos de Aposentadoria e Pensões, Auditor-Fiscal Roberto Kasai, participou do encontro com o Fonasefe. 

Nas duas ocasiões, o representante do governo sinalizou que, até o momento, a única possibilidade em relação à remuneração de servidores é a formalização do reajuste dos benefícios (saúde, alimentação e creche) para maio deste ano. Sobre o vencimento básico, a sinalização é apenas para reajuste em 2025. Para 2024, a posição está mantida em reajuste zero. Para a Direção Nacional do Sindifisco, o reajuste anual é um direito constitucional dos servidores públicos federais. Os Auditores-Fiscais não aceitam reajuste zero em 2024.  

Na próxima semana, uma reunião extraordinária da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP) deve ser convocada pelo MGI para formalização da nova proposta do governo. 

Conteúdos Relacionados