Direção Nacional e DS/Amazonas participam da posse de 38 Auditores-Fiscais em Manaus

Os Auditores-Fiscais Marcos Barbonaglia e Adriano Lima Corrêa, respectivamente 2º diretor-adjunto de Administração e Finanças e diretor do Plano de Saúde do Sindifisco Nacional, participaram, na tarde desta quinta-feira (11), da posse de 38 Auditores-Fiscais aprovados no concurso público da Receita Federal realizado no ano passado. A solenidade ocorreu na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), em Manaus, e contou com a presença do delegado da Receita Federal em Manaus, Auditor-Fiscal Eduardo Badaró, do delegado titular da Alfândega do Aeroporto Internacional de Manaus, Auditor-Fiscal Antônio Araújo Sarkis, do delegado da Alfândega do Porto de Manaus, Auditor-Fiscal Marcelo Augusto Calbo Garcia, do procurador-chefe da Fazenda Nacional (PGFN-AM), Alfredo Tibúrcio, e de representantes de entidades classistas. 

A programação contou com a exibição de vídeo com a mensagem do superintendente da Receita Federal na 2ª Região Fiscal, Auditor-Fiscal José de Barros Neto, que fez a leitura e a assinatura do termo de posse. Os novos Auditores trabalharão na Delegacia da Receita Federal e nas Alfândegas do Porto e do Aeroporto Internacional de Manaus.  

Ao parabenizar a todos pela conquista alcançada, Marcos Barbonaglia falou sobre a luta do sindicato para garantir o aumento do quadro de Auditores-Fiscais. “Esse momento nos traz uma alegria enorme, porque sabemos que somente com a entrada de novos colegas o cargo sobrevive. Não tem como sobrevivermos se não tiver oxigenação, se não chegarem novas mentes, novas formas de ver as coisas, novo brilho. Então, a presença de vocês é fundamental. Nós vamos continuar lutando para que mais colegas entrem para a Receita Federal e possam unir esforços para que possamos cumprir a nossa missão”, disse. 

O enfrentamento constante por parte dos Auditores-Fiscais em situações que contrariam interesses econômicos e poderosos foi destaque da fala de Adriano Corrêa ao abordar a principal atribuição do Auditor-Fiscal, que é a obrigação de tributar. “Tal enfrentamento será uma constante na labuta profissional dos senhores, o que exige imensa responsabilidade”, disse.  

O diretor informou que a categoria permanece em greve em razão de um acordo descumprido pelo governo desde 2016 e que é importante o engajamento de todos, seja com a sindicalização, seja se incorporando à mobilização. Por fim, os empossados receberam informações sobre o Unafisco Saúde, operadora de saúde exclusiva para os Auditores e Auditoras filiados ao Sindifisco e seus dependentes. O Unafisco Saúde está há 32 anos no mercado, tem abrangência nacional nos serviços de assistência médico-hospitalar de qualidade e uma carteira de 30 mil vidas. 

O presidente da Delegacia Sindical de Manaus, Eduardo Toledo, também destacou a importância da chegada dos novos profissionais. “Estávamos há oito anos sem concurso, e a Casa precisa de oxigenação. É importante que haja essa chegada dos nossos colegas trazendo sangue e impulso novo”, disse. 

Também participaram da solenidade o presidente-executivo do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam), Lúcio Flávio de Moraes, e o presidente da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam), Breno Penha. 

Conteúdos Relacionados