Auditores se mobilizam de Norte a Sul do Brasil para defender Receita

A mobilização que se espalhou por todo o Brasil no Dia Nacional do Luto, na última quarta (21), continua repercutindo tanto na grande mídia como entre os Auditores-Fiscais. Para ressaltar a força do protesto, mais Delegacias Sindicais enviaram à Direção Nacional do Sindifisco registros da adesão ao movimento em defesa da Receita Federal.

A Delegacia Sindical Uberlândia, de Minas Gerais, divulgou nota denunciando as tentativas de cerceamento da fiscalização de pessoas politicamente expostas e o afastamento de dois Auditores pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Falou ainda da tentativa de intimidação por parte do Tribunal de Contas da União e da substituição de Auditores na 7ª Região Fiscal.

Em Divinópolis (MG), os Auditores-Fiscais paralisaram as atividades às 16h e realizaram ato de protesto em frente ao edifício-sede da Delegacia da Receita para manifestar a indignação da classe. Na cidade de Cuiabá (MT), Auditores se solidarizaram com os colegas afastados e cobraram o direito de trabalhar de acordo com os princípios republicanos que sempre nortearam a atuação da Receita.

A Delegacia Sindical de Governador Valadares, também de Minas, promoveu o ato público em frente à Delegacia da Receita com participação de Auditores ativos e aposentados. Na ocasião, distribuiu um panfleto explicando à sociedade as razões do protesto. A manifestação teve apoio de integrantes do Fisco estadual e municipal, bem como da vereadora Rosemary Mafra.

Os Auditores de São José do Rio Preto (SP) também participaram do Dia Nacional do Luto e lembraram que a Medida Provisória 870/2019 – conhecida como MP da Mordaça – já tinha como objetivo silenciar a classe e interferir no trabalho de combate à lavagem de dinheiro e à corrupção feito pela Receita.

Em Santos (SP), a mobilização aconteceu no dia 20 e teve a presença do presidente do Sindifisco Nacional, Kleber Cabral. Cerca de 200 Auditores ocuparam a Alfândega para mostrar toda indignação e descontentamento com as interferências externas que a Receita vem sofrendo.

{yoogallery src=[images/publicacoes/boletins/2019/08-agosto/Bol2452/galeriasialutoDs/]}
 

Conteúdos Relacionados