Remoção e PSI são pauta de reunião com a Cogep

No início da tarde de hoje, o diretor de Defesa Profissional do Unafisco, Rafael Pillar, e a diretora-adjunta, Renata Lobo Rosseto, reuniram-se com o coordenador-adjunto da Cogep (Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas), Auditor-Fiscal José Aparecido da Conceição, e com o chefe da Diret (Divisão de Relações de Trabalho), Auditor-Fiscal Ataíde Silva Passos Filho, para buscar informações sobre casos específicos de processo de remoção.

Os diretores do Unafisco aproveitaram a reunião para informar à Cogep que estão concluindo, junto com a Fenafisp (Federação dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), uma sugestão de Portaria de Remoção, que deve ficar pronta no início do mês de março e, posteriormente, será submetida à Assembleia Nacional. Concluída essa etapa, o documento será entregue à coordenação, com o intuito de colaborar na elaboração das regras para o processo de remoção.

Rafael Pillar também colocou em pauta a situação de um Auditor aposentado que gostaria de pleitear o cargo de delegado pelo PSI (Processo Seletivo Interno).  José Aparecido informou que a linha do processo seletivo está direcionada aos Auditores-Fiscais que estão na ativa. “Também estão previstos investimentos no preparo acadêmico dos Auditores-Fiscais que tiverem interesse futuro em participar do processo e é lógico que a Casa vai querer fazer esse investimento e usufruir dele por muito tempo. Também é condição que, para participar do processo, os dados do candidato estejam incluídos no Banco de Talentos e só os Auditores-Fiscais da ativa fazem parte deste banco”, explicou José Aparecido.