Sindifisco fala sobre papel do Auditor-Fiscal na Rádio Nacional

Na manhã desta sexta-feira (18/2), o diretor de Estudos Técnicos do Sindifisco Nacional, Luiz Antônio Benedito, participou, ao vivo, do programa Revista Brasil, veiculado pela Rádio Nacional AM de Brasília. O programa tratou de economia, com destaque especial para questões como o corte no orçamento anunciado pelo governo, valor do salário mínimo, contratação de pessoal por meio de concurso público, além de questões relativas a tributação e arrecadação.

Na ocasião, Luiz Benedito ressaltou a importância do trabalho do Auditor-Fiscal na arrecadação e na composição da economia do país, em específico no que se refere ao equilíbrio fiscal necessário para o crescimento e a estabilidade da economia. Ele ainda citou o estudo produzido pelo Sindifisco, que trata da defasagem na tabela do IR (Imposto de Renda). “O papel do Auditor-Fiscal é patrocinar a justiça fiscal na medida em que todos paguem aquilo que a legislação determina”, afirmou.

Ao ser perguntado se o número de Auditores em atividade hoje seria suficiente para o bom desempenho da arrecadação, Benedito destacou que o número não atende às demandas. “Essa insuficiência pode ser minimizada com a contratação de pessoal de apoio. Nós temos pleiteado junto à administração da Receita Federal do Brasil e ao governo essas contratações para tornar o trabalho do Auditor mais produtivo”, explicou o diretor.  

Também participaram do debate o Auditor-Fiscal aposentado e professor de economia da UNB (Universidade de Brasília) Roberto Piscitelli e o presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores), Ricardo Patah, que falaram sobre metas de inflação, reforma trabalhista, consequência da redução da jornada de trabalho e desoneração da folha de pagamento para a economia brasileira, entre outras questões.