Delegados sindicais encerram debates em Aracaju

Na manhã de quinta-feira (15/9), último dia do CDS (Conselho de Delegados Sindicais) em Aracaju (SE), os delegados sindicais aprovaram uma revisão no Regulamento do Findes (Fundo de Financiamento do CDS), referente às despesas com hospedagem e alimentação dos delegados sindicais e dos seus substitutos quando das participações nas reuniões do Conselho.

Após a aprovação de reversão de pauta, os delegados passaram a analisar o item 19, relativo à análise sobre a interpretação a ser dada quanto à competência do Conselho Curador de Assuntos Jurídicos e seu relacionamento com a Diretoria de Assuntos Jurídicos. Sobre o assunto, foi aprovada a criação  de uma comissão do CDS, com a finalidade de explicitar as competências do Conselho Curador, previstas no Estatuto do Sindifisco Nacional.

A Comissão aprovada pelos delegados sindicais, por aclamação, é composta  pelos Auditores-Fiscais Wagner Vaz, diretor de Assuntos Jurídicos do Sindifisco; Carlos Cesar Cathalat, de Mato Grosso (MT); Nelson Alexandrino Lins, de Recife (PE); Nory Celeste, de Uruguaiana (RS); Pérsio Romel Macedo, de Poços de Caldas (MG); e Leunam Costa Leite, presidente do Conselho Curador, do Rio de Janeiro.    

O Plenário também decidiu que no dia 12 de novembro, durante o CDS ordinário, a Comissão deverá apresentar relatório com as suas conclusões para a Mesa Diretora do Conselho. 

Encontro – Vale lembrar que na tarde da quinta-feira, a capital sergipana passou a sediar a 3ª edição do Encontro de Políticas Sociais do Sindifisco Nacional. O evento, que tem como tema “Transparência e Controle Social”, vai até a sexta-feira (16/9) e contará com a  participação do coordenador do Núcleo de Ações de Prevenção da CGU (Controladoria-Geral da União), José Leonardo Ribeiro Nascimento.

Conteúdos Relacionados