Ato em prol da indenização de fronteira une Auditores

A mobilização em prol da indenização de fronteira foi marcada pela participação de Auditores Fiscais em Foz do Iguaçu (PR), Chapecó (SC) e Jaguarão (RS). No município paranaense, servidores manifestaram na Aduana da Ponte Internacional da Amizade. O ato a favor da implementação da indenização de fronteira foi realizado em conjunto por Auditores Fiscais da RFB (Receita Federal do Brasil), Analistas Tributários da RFB, Agentes Técnico-Administrativos do Ministério da Fazenda e um agente da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

O grupo permaneceu próximo às pistas de entrada da Aduana da Ponte Internacional. De acordo com a DRF/Foz, a manifestação transcorreu sem provocar problemas ou alterações no fluxo de trabalho do posto fiscal. Com faixas e cartazes, os participantes concederam também entrevistas à imprensa local e distribuíram panfletos a viajantes.

A representação de Chapecó, vinculada a DS (Delegacia Sindical) Joaçaba (SC), preparou uma carta solicitando ao Congresso Nacional o apoio na "interlocução e cobrança" pela regulamentação da Lei nº 12.855/2013 que instituiu a indenização de fronteira. O texto foi encaminhado a 33 senadores e outros 70 deputados federais de estados que possuem cidades fronteiriças, e também para as lideranças de bancadas do Congresso Nacional.

No Rio Grande do Sul, Auditores Fiscais e Analistas da IRF/Jaguarão promoveram uma reunião para debater a demora do Governo Federal para regulamentar a gratificação de fronteira.

{yoogallery src=[images/publicacoes/boletins/2014/08-Agosto/Bol1219/galeria_indenizacao/]}

 

 

Conteúdos Relacionados