Superintendente explica atraso para mudança da DRF/Itabuna

O secretário-geral do Sindifisco Nacional, Cláudio Damasceno, e o presidente da DS (Delegacia Sindical) Ilhéus/Itabuna, Roberval Guedes Ribeiro, estiveram reunidos na sexta-feira (18/3) com a superintendente e a superintendente-adjunta da 5ª RF (Região Fiscal), Auditora-Fiscal Zayda Bastos Manatta e Auditora-Fiscal Suely Nunes Gama, para tratar das condições de trabalho na DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) Itabuna e buscar informações sobre a mudança de imóvel prevista para a unidade. 

Atualmente, a Delegacia está abrigada em um prédio em péssimas condições. A localidade foi inclusive visitada por diretores da DEN (Diretoria Executiva Nacional) em setembro do ano passado como parte do projeto “DEN nos Estados”. A administração tem disponível o novo imóvel para abrigar a DRF/Itabuna, mas ainda não iniciou a reforma necessária para concretizar a mudança. O espaço será compartilhado com a Justiça Federal, que já reformou sua parte e se mudou para lá.

De acordo com a superintendente, a administração está trabalhando para realizar a reforma. O projeto de engenharia e arquitetura já foi licitado e concluído. No entanto, o corte no orçamento anunciado pelo governo federal recentemente inviabilizou o lançamento do edital de licitação para a escolha da empresa para a execução da obra, pois esta etapa depende da existência de recursos financeiros disponiveis para esse fim. Comprometeu-se também em empenhar-se pela obtenção desses recursos o mais breve possível.

Cláudio Damasceno e Roberval lembraram a superintendente do anseio dos Auditores-Fiscais pela mudança, uma vez que há muito tempo estão submetidos a condições de trabalho inapropriadas. Zayda afirmou que concorda e que aguarda somente a liberação de orçamento para dar prosseguimento ao necessário para a mudança da DRF/Itabuna. “A situação é muito grave e não só incomoda ao corpo funcional, como também incomoda a administração”, afirmou a superintendente.

Após o relato da situação alarmante das instalações colhidas no projeto "Fronteira em Foco" e no "DEN nos Estados", os representantes do Sindifisco Nacional externaram o desejo de que a administração da RFB passe a ter como prioridade a melhoria das condições de trabalho nas unidades do órgão, elevando o padrão de qualidade das instalações físicas da Receita Federal em todo a país.

Conteúdos Relacionados